A minha 1.ª Meia Maratona

Fazer uma meia maratona era a uma pretensão que tinha desde que comecei a correr,  à seria, ou seja, quando verifiquei que era capaz de correr mais de 5 km e gradualmente fui aumentando as distâncias.
Quando a iria fazer, não sabia bem ao certo, a ideia era fazer uma aos 40 anos.
Fui acompanhado e ouvindo colegas que tinham feito meias maratonas, tentando perceber para a primeira vez qual seria a ideal e a maioria dizia a - Meio do Porto, principalmente pelo apoio da população e lá me decidi fazer essa.
Preparação
Por norma faço 2 a 3 treinos de corrida por semana normalmente de 10km, partir de Junho comecei a integrar treinos mais longos gradualmente e séries.
Uma semana antes da prova fiz um treino de 10km e massagem de preparação, comi bastante massa e bebi ainda mais água que o habitual, junto com chás.
E não estava nada ansiosa.
Dia D
Finalmente chegou o grande dia.
Levantei-me e preparei um pequeno almoço energético, papas de  aveia feitas com água, mel e banana.
De seguida preparei-me para para a prova. Como era a minha primeira Meia, o meu marido e a minha filha quiseram estar lá, e connosco foi também, um amigo.
Antes da prova:
Quando cheguei ao ponto de chegada, pois era dali que iria de autocarro para a zona da partida, fui ter com uma colega a quem desafiei para fazer a prova e com o marido dela e esperamos pela entrada da da nossa vez no autocarro.
Já no local onde ser iniciaria a corrida, conversamos, aquecemos, alongamos e tiramos fotos até que foi dado o arranque da partida e lá fui eu.
Durante a prova 
Fui calmamente ao meu ritmo, por vezes aumentado a velocidade mas não aos meu limites, queria chegar ao fim bem e sem lesões. Esse era o meu principal objectivo e consegui.
Fiz a prova num tempo líquido de 2H08M e estava cumprida mais uma etapa a que me propus.
No fim da prova tempo para mais fotos e dois dedos de conversa

Se pretendo repetir? Claro que sim. 


Pensamento


Pensamento


Pensamento


Pensamento