GFXXMVVF171997881

A chegada dos 41 !

No domingo celebrei mais um aniversário.
Foi um dia calmo, passado em família.
O almoço foi feito pelo marido, Routy com batata assada; jantamos fora e depois  reuni os familiares para uma fatia de bolo, feito pela Sara Barbosa, que estava uma delícia e beber uma taça de espumante.

O último ano no geral foi positivo apesar de algumas decepções.
Espero e desejo que este seja bom, com saúde, trabalho, amor; no fundo tudo aquilo que, por norma mais se ambiciona.

Os 40!

Os 40 anos nunca foram um peso para mim, nem sinto que os tenho. 
No dia em que chego aos 41, faço um balanço positivo dos meus primeiros 40 anos de vida, apesar das provações e divergências. Mas quem não as tem?
Interpreto os momentos menos bons ou maus como desígnios que não acontecem por acaso e que só servem para nos tornar mais fortes.
Com a idade adquiri experiência,  sabedoria. Aprendi a controlar medos e receios, a ver a vida com outros olhos, a resolver questões de outras formas.
Para o futuro, quero continuar a evoluir, a aprender,  a  agradecer a Deus cada dia, como tenho feito até hoje; ser uma pessoa um pouco melhor hoje, do que fui ontem!

Uns acham que a vida, começa aos 40, outros aos 50; a vida começa quando acordo!

A 12° Meia Maratona do Porto

As cidades de Gaia e Porto amanheceram com nevoeiro cerrado, tempo óptimo para se correr mais uma vez os 21,097 km, de uma das mais emblemáticas Meia Maratonas, a do Porto. 
A prova que une as duas margens do Rio Douro, teve a participação do Movimento
"Egoismo positivo" dando a  possibilidade a pessoas de cadeiras de rodas de participarem.
Ruas cheias de populares a apoiarem os milhares de participantes, a corrida foi liderada mais uma vez por quenianos.
A mim, a prova não correu da melhor maneira, apesar de ter cumprido o objectivo principal que foi de concluir a mesma.
Logo no início escorreguei e cai, esmorrando joelho e cotovelo direitos e corri mais de 20km magoada.
Passei a meta com 2h23m, resultado muito aquém do ano passado, onde fiquei pelas 2h08m.
Com uma queda e poucos treinos longos  de preparação, esta meia maratona do Porto ficará no meu historial de runner como um longo treino. Venha a próxima!





Eu consumo Fruta Feia

Hoje escrevo sobre o projecto - Fruta Feia.
A primeira vez que ouvi falar neste projecto foi aqui, Desperdício Zero - Fruta Feia, e logo quis saber como funcionava.
Mas o que é isto de Fruta Feia? Mais de um terço dos frutos e legumes produzidos não chegam a ser colocados à venda porque não cumprem os requisitos estéticos impostos pelos hipermercados e logo são colocados no lixo, ou porque não têm o tamanho ou calibre suficientes, não são vistosos e, nem para compostagem são utilizados.

Parque das Ribeiras do Rio Uíma

Numa das nossas saídas em família fomos conhecer o Parque das Ribeiras do Rio Uíma, um afluente da margem esquerda do Rio Douro, que nasce em Romariz, Santa Maria da Feira e cuja bacia hidrográfica tem uma área de 72m2.
Neste parque que, se situa entre as freguesias de Fiães e Corga do Lobão, pode-se ver ao longo de todo o percurso  vários aspectos de fauna e flora.